Nutricionando | Nutrição, Saúde e Alimentação
Conteúdos (clique para ver)

O potássio é um mineral encontrado nos alimentos que você come. Também é um eletrólito. Eletrólitos conduzem impulsos elétricos por todo o corpo. Eles ajudam em uma série de funções essenciais do corpo, incluindo (1):

  • Pressão sanguínea
  • Balanço hídrico normal
  • Contrações musculares
  • Impulsos nervosos
  • Digestão
  • Ritmo do coração
  • Balanço de pH (acidez e alcalinidade)

Seu corpo não produz potássio naturalmente. Portanto, é importante consumir o equilíbrio certo de alimentos e bebidas ricos em potássio.

Consumir muito pouco potássio pode levar a sérios problemas de saúde. No entanto, consumir demais pode causar problemas de saúde temporários ou a longo prazo.

Os rins saudáveis ​​mantêm os níveis normais de potássio no organismo porque removem quantidades excessivas pela urina.

Fontes de potássio

Fontes de potássio

A fonte mais comum de potássio é de alimentos. As fontes ricas em potássio incluem:

  • Frutas, como damascos, bananas, kiwi, laranjas e abacaxis
  • Vegetais, como verduras, cenouras e batatas
  • Carnes magras
  • Grãos integrais
  • Feijões e nozes

A maioria das pessoas consome potássio suficiente com uma dieta equilibrada . Para níveis baixos de potássio, um médico pode prescrever o mineral em forma de suplemento. Se você tem uma deficiência grave, pode precisar de tratamento intravenoso (IV).

Veja também:

Deficiência de potássio

Certas condições podem causar deficiências de potássio ou hipocalemia . Esses incluem (2):

  • Doenca renal
  • Uso excessivo de diuréticos
  • Transpiração excessiva , diarréia e vômito
  • Deficiência de magnésio
  • Uso de antibióticos, como carbenicilina e penicilina

Os sintomas da hipocalemia são diferentes, dependendo da gravidade da sua deficiência.

Uma diminuição temporária do potássio pode não causar nenhum sintoma. Por exemplo, se você suar muito com um treino duro, seus níveis de potássio podem normalizar depois de comer ou beber eletrólitos antes que qualquer dano seja causado.

No entanto, deficiências graves podem ser fatais. Os sinais de uma deficiência de potássio incluem:

  • Fadiga extrema
  • Espasmos musculares, fraqueza ou cãibras
  • Arritmia cardíaca
  • Constipação, náusea ou vômito

A hipocalemia é geralmente diagnosticada com um exame de sangue . O seu médico também pode solicitar um eletrocardiograma do seu coração e uma gasometria arterial para medir os níveis de pH no seu corpo.

Sobredosagem de potássio

Demasiado potássio pode causar hipercalemia. Isso é raro em pessoas que comem dietas equilibradas. Os fatores de risco para overdose incluem:

  • Tomando muitos suplementos de potássio
  • Doenca renal
  • Exercício prolongado
  • Uso de cocaína
  • Diuréticos conservadores de potássio
  • Quimioterapia
  • Diabetes
  • Queimaduras graves

O sintoma mais óbvio de excesso de potássio é um batimento cardíaco anormal (arritmia). Casos graves podem levar à morte.

Pessoas com casos leves de alto potássio raramente apresentam sintomas visíveis. O seu médico deve solicitar exames de sangue ocasionais, se você tiver algum fator de risco.

Tratamento de níveis desequilibrados de potássio

Existem tratamentos diferentes para os níveis de potássio desequilibrados que dependem de os níveis estarem altos ou baixos demais (3).

Hipocalemia (Potásssio baixo)

Os suplementos de potássio são geralmente o primeiro curso de ação para níveis muito baixos. Os suplementos são eficazes principalmente se os rins estiverem em boa forma.

A hipocalemia grave pode exigir tratamento IV, especialmente se você estiver com um batimento cardíaco anormal.

Os diuréticos poupadores de potássio podem livrar o corpo do excesso de sódio. Isso ajudará a normalizar os níveis de eletrólitos. Porém, alguns diuréticos e suplementos de potássio podem ser severos no trato digestivo.

Peça ao médico pílulas revestidas com cera para ajudar a prevenir problemas digestivos. Somente pessoas com função renal normal podem usar diuréticos poupadores de potássio.

Hipercalemia (Potássio alto)

Casos leves de hipercalemia podem ser tratados com medicamentos prescritos que aumentam a excreção de potássio. Outros métodos incluem diuréticos ou um enema.

Casos graves podem exigir tratamentos mais complexos. A diálise renal pode remover o potássio. Este tratamento é o preferido para casos de insuficiência renal.

Para pessoas com rins saudáveis, um médico pode recomendar insulina e glicose. Estes ajudam a transportar potássio do sangue para as células para remoção.

Um inalador de albuterol também pode diminuir níveis perigosamente altos. O gluconato de cálcio pode ser usado temporariamente para estabilizar o coração e reduzir o risco de complicações cardíacas graves devido à hipercalemia.

Potássio alto ou baixo demais, e agora?

Alterações no potássio corporal podem não ser uma preocupação se você não tiver fatores de risco. Os rins saudáveis ​​costumam ser suficientes para regular o potássio do corpo.

As condições médicas que afetam os níveis devem ser monitoradas regularmente. Consulte sempre seu médico ou nutricionista se tiver sintomas incomuns.


Ultima atualização - 2019-09-30