Nutricionando | Nutrição, Saúde e Alimentação
Conteúdos (clique para ver)
  1. A sálvia é rica em nutrientes
  2. A sálvia é rica em antioxidantes
  3. A sálvia faz bem para a saúde bucal
  4. Ela pode aliviar os sintomas da menopausa
  5. Reduz os níveis de açúcar no sangue
  6. É ótima para a memória e a saúde do cérebro
  7. Diminui o colesterol LDL ‘ruim’
  8. Pode proteger contra alguns tipos de câncer
  9. Outros benefícios potenciais para a saúde
  10. Fácil de adicionar à dieta

Sálvia é uma erva básica em várias culinárias ao redor do mundo.

Seus outros nomes incluem sálvia comum, sálvia de jardim e Salvia officinalis. Pertence à família das mentas, juntamente com outras ervas como orégano, alecrim, manjericão e tomilho (1).

Ela tem um aroma forte e sabor de terra, e é por isso que é normalmente usada em pequenas quantidades.

Mesmo assim, é preenchida com uma variedade de nutrientes e compostos importantes.

Esta erva verde está disponível fresca, seca ou em forma de óleo – e tem inúmeros benefícios para a saúde. Vamos agora conhecer alguns deles.

A sálvia é rica em nutrientes

A sálvia possui uma quantidade saudável de vitaminas e minerais. Uma colher de chá (0,7 gramas) contém (2):

Nutrientes Quantidades
Calorias 2
Proteína 0,1 grama
Carboidratos 0,4 grama
Gordura 0,1 grama
Vitamina K 10,% da IDR
Ferro 1,1% da IDR
Vitamina B6 1,1% da IDR
Cálcio 1% da IDR
Manganês 1% da IDR

Sálvia  também possui pequenas quantidades de magnésio, zinco, cobre e vitaminas A, C e E.

Além disso, este tempero aromático contém ácido cafeico, ácido clorogênico, ácido rosmarínico, ácido elágico e rutina – todos desempenham um papel benéfico à saúde (3).

Como é consumida de pouquinho, ela fornece apenas quantidades minúsculas de carboidratos, calorias, proteínas e fibras.

A sálvia é rica em antioxidantes

A sálvia é rica em antioxidantes

Os antioxidantes são moléculas que ajudam a fortalecer as defesas do organismo, neutralizando os radicais livres potencialmente prejudiciais que estão ligados a doenças crônicas (4).

A sálvia contém mais de 160 polifenóis distintos, que são compostos químicos à base de plantas que atuam como antioxidantes em nosso corpo (5).

Ácido clorogênico, ácido cafeico, ácido rosmarínico, ácido elágico e rutina – todos encontrados nela – estão ligadas a benefícios de saúde impressionantes, como menor risco de câncer e melhor função cerebral e memória (1, 3).

Um estudo descobriu que beber 1 xícara (240 ml) de chá de sálvia duas vezes ao dia aumentava significativamente as defesas antioxidantes.

Também diminuiu tanto o colesterol total como o colesterol LDL “ruim”, bem como o colesterol HDL “bom” (6).

Veja também:

Alimentos que ajudam a diminuir o risco de câncer

Benefícios do leite de castanha de caju

11 Benefícios que a Quinoa para sua Saúde

A sálvia faz bem para a saúde bucal

A sálvia tem efeitos antimicrobianos, que podem neutralizar micróbios que promovem a placa dentária.

Em um estudo, um colutório à base da erva mostrou efetivamente matar a bactéria Streptococcus mutans, que é conhecida por causar cáries dentárias (7, 8).

Em outro, realizado em tubo de ensaio, um óleo essencial à base de sálvia mostrou matar e deter a propagação de Candida albicans, um fungo que também pode causar cáries (9, 10).

Uma revisão observou que a erva pode tratar infecções na garganta, abcessos dentários, gengivas infectadas e úlceras na boca.

No entanto, mais pesquisas em humanos são necessárias para fazer recomendações abrangentes (11).

Ela pode aliviar os sintomas da menopausa

Durante a menopausa, seu corpo experimenta um declínio natural no hormônio estrogênio. Isso pode causar uma ampla gama de sintomas desagradáveis.

Eles incluem ondas de calor, sudorese excessiva, secura vaginal e irritabilidade. A sálvia comum era tradicionalmente usada para reduzir esses sintomas (12).

Acredita-se que os compostos da erva tenham propriedades similares às do estrogênio, permitindo que se liguem a certos receptores em seu cérebro para ajudar a melhorar a memória e tratar a transpiração excessiva (13).

Em um estudo, o uso diário de um suplemento de sálvia reduziu significativamente o número e a intensidade das ondas de calor ao longo de oito semanas (14).

Reduz os níveis de açúcar no sangue

As folhas da sálvia comum têm sido usadas tradicionalmente como um remédio contra a diabetes.

Pesquisas em humanos e animais indicam que ela ajuda a baixar os níveis de açúcar no sangue.

Em um estudo, o extrato de sálvia reduziu os níveis de glicose no sangue em ratos com diabetes tipo 1, ativando um receptor específico.

Quando esse receptor é ativado, pode ajudar a eliminar o excesso de ácidos graxos livres no sangue, o que melhora a sensibilidade à insulina (15, 16).

Outro estudo em ratos com diabetes tipo 2 descobriu que o chá de sálvia age como a metformina – um medicamento prescrito para controlar o açúcar no sangue em pessoas com a mesma doença (17).

Em humanos, demonstrou-se que o extrato de folhas da erva reduz o nível de açúcar no sangue e melhora a sensibilidade à insulina com um efeito semelhante ao da rosiglitazona, outra droga antidiabetes (18).

No entanto, ainda não há evidências suficientes para recomendar a sálvia como tratamento para diabetes. Mais pesquisa em humanos é necessária.

É ótima para a memória e a saúde do cérebro

A sálvia ajuda seu cérebro e memória de várias maneiras.

Por um lado, ela é rica em compostos que podem atuar como antioxidantes, que mostraram amortecer o sistema de defesa do cérebro (19, 20).

Também parece deter o colapso do mensageiro químico acetilcolina (ACH), que tem um papel na memória. Os níveis de ACH caem na doença de Alzheimer (21, 22).

Em um estudo, 39 participantes com a condição de leve a moderada consumiram 60 gotas (2 ml) de suplemento de sálvia ou placebo por dia durante quatro meses.

Aqueles que tomaram o extrato tiveram melhor desempenho em testes que mediram memória, resolução de problemas, raciocínio e outras habilidades cognitivas (21).

Em adultos saudáveis, a sálvia mostrou melhorar a memória em doses baixas. Doses mais altas também elevam o humor e aumentam o estado de alerta, a calma e o contentamento (23).

Em jovens e adultos mais velhos, ela mostrou melhorar a memória e a função cerebral (24, 25).

Diminui o colesterol LDL ‘ruim’

A sálvia ajuda a reduzir o colesterol LDL “ruim”, que pode se acumular nas artérias e potencialmente causar danos.

Em um estudo, consumir chá da erva vezes ao dia reduziu o colesterol LDL “ruim” e o colesterol total no sangue, ao mesmo tempo em que elevou o HDL “bom” após apenas duas semanas (6).

Vários outros estudos em humanos ilustram um efeito similar com o extrato de sálvia (26, 27, 28, 29, 30).

Pode proteger contra alguns tipos de câncer

O câncer é uma das principais causas de morte, onde as células crescem de forma anormal.

Curiosamente, estudos em animais e em tubos de ensaio demonstram que a sálvia pode combater certos tipos de câncer, incluindo os da boca, cólon, fígado, colo do útero, mama, pele e rim (31, 32, 33, 34, 35, 36, 37, 38, 39, 40).

Nestes estudos, os extratos da erva não só evitam o crescimento de células cancerígenas, como também estimulam a morte celular.

Embora esta pesquisa seja encorajadora, estudos são necessários para determinar se ela é eficaz no combate ao câncer em humanos.

Outros benefícios potenciais para a saúde

Sálvia e seus compostos estão ligados a vários outros benefícios para a saúde.

  • Alivia a diarréia: A sálvia fresca é um remédio tradicional para a diarréia. Estudos em tubo de ensaio e em animais descobriram que ela contém compostos que podem aliviar a condição, relaxando seu intestino (41, 42).
  • Faz bem para os ossos: A vitamina K, que a sálvia oferece em grandes quantidades, desempenha um papel na saúde dos ossos. A deficiência dessa vitamina está ligada ao afinamento ósseo e às fraturas (2, 43).
  • Combate o envelhecimento da pele: Vários estudos em tubo de ensaio sugerem que os compostos de sálvia podem ajudar a combater os sinais de envelhecimento, como as rugas (44, 45).

Fácil de adicionar à dieta

A sálvia vem em várias formas e pode ser usado de diversas maneiras.

Folhas frescas da erva têm um forte sabor aromático e são melhor quando usadas com moderação.

Aqui estão algumas maneiras de adicioná-la à sua dieta:

  • Polvilhe como um elemento decorativo em sopas.
  • Misture em um recheio para pratos assados.
  • Combine folhas picadas com manteiga para fazer manteiga de sálvia.
  • Adicione as folhas picadas ao molho de tomate.
  • Sirva com ovos em uma omelete.

A sálvia seca é frequentemente usada por cozinheiros e vem moída ou em folhas inteiras.

Aqui estão algumas maneiras que você pode utilizá-la:

Como tempero para legumes assados.

Combinado com purê de batatas ou abóbora para um sabor mais terroso.

Você também pode comprar produtos de sálvia, como o chá ou suplementos de extrato da erva.


A sálvia é uma erva com vários benefícios para a saúde.

É rica em antioxidantes e pode ajudar a melhorar a saúde bucal, auxiliar a função cerebral e reduzir os níveis de açúcar no sangue e o colesterol.

Este tempero também é fácil de adicionar a quase qualquer prato saboroso. Pode ser apreciado fresco, seco ou como um chá.


Esse artigo foi atualizado em 2019-12-03