Nutricionando | Nutrição, Saúde e Alimentação

Então você não tem idéia de quais são as métricas de marketing, muito menos quais são importantes? Não entre em Pânico!

Basta ler esse artigo para descobrir as seis principais métricas para o marketing eficaz e por que, independentemente do tamanho do seu negócio, você precisa delas.

O que são as métricas de marketing?

Muito simplesmente, as métricas são formas de medir o quão bem-sucedido (ou não!) Seus esforços de marketing são. Desde o rastreamento de quantas pessoas abrem seu boletim informativo por e-mail (em vez de cancelá-lo) até saber de onde vem o tráfego do seu website, hoje há uma métrica que informa se você está atingindo a marca de marketing ou faltando milhas.

Adote as métricas

Hoje em dia, existe uma variedade impressionante de ferramentas e sistemas para tornar a análise de marketing muito mais fácil, mas, na época, o marketing digital estava longe de ser tecnológico. Mas ainda conseguimos monitorar métricas realmente significativas para nos ajudar a otimizar cada campanha. E assim nossos clientes felizes voltavam mês após mês.

Marketing que mede

Praticamente toda tática de marketing que você pode pensar pode ser medida hoje em dia - e, se não puder, você pode apostar que Boffin está ocupado desenvolvendo um aplicativo que pode!

Aqui estão apenas alguns para você começar:

  • Consciência da marca
  • Engajamento nas mídias sociais
  • Social media following
  • Participantes do evento/webinar
  • Cobertura PR e valor PR
  • Satisfação do cliente
  • Comentários
  • Taxas de rejeição do site
  • O sucesso das campanhas de geração de leads
  • O sucesso das campanhas de marketing de conteúdo.

E isso é apenas uma fração; a lista cada vez mais longa está em constante evolução e é um tanto desconcertante.

Para mim, no entanto, existem seis métricas absolutas obrigatórias. Essencial para obter o máximo de qualquer orçamento de marketing, essas são as métricas que sempre monito e analiso ao executar campanhas para clientes, e não consegui sobreviver sem elas.

1. Visitantes do site

Uma maneira brilhante de medir como as pessoas estão interagindo com sua empresa, essa é minha métrica número um. (Então, se você ainda não está analisando as estatísticas de visitantes do seu site por meio do Google Analytics, use-as!)

Entender como as pessoas interagem com seu site pode revelar uma grande quantidade de informações sobre sua empresa. Pense no seu site como sua vitrine.

Pergunte-se:

  • Os visitantes mal olham antes de seguir em frente; ou eles estão chegando e cometendo?
  • Os números de visitantes são altos ou baixos mensalmente...e de onde eles vêm?
  • Por quanto tempo os visitantes estão gastando no local e onde ficam mais?
  • Qual conteúdo é mais popular? (O que quer que funcione, escreva mais sobre isso!).

2. Custo por lead (CPL)

Um lead é uma ação positiva de um consumidor em potencial antes de dar o salto final e comprar seu produto ou serviço.

Por exemplo, pode ser alguém inscrevendo-se em um boletim informativo por e-mail, solicitando um folheto ou solicitando um retorno de chamada ou uma reunião.

Basicamente, é alguém dizendo: “Sim, estou interessado. Posso obter mais informações?”

Medir o custo de obter um lead é uma ótima métrica. Se você souber quantos leads convertem em clientes (taxa de conversão), pode calcular o que pode pagar para adquirir um cliente e fazer algumas estimativas.

3. Custo por aquisição (CPA)

Em Inglês simples, CPA é o custo de obter um novo cliente (normalmente um cliente pagador, contra um brinde).

Se você sabe o quanto custa adquirir esse cliente, pode facilmente descobrir se uma campanha está gerando valor pelo dinheiro.

Então, se for, gaste mais. Se não for, rebobine e repense.

Pergunte a si mesmo...

  • Por que você está executando a campanha?
  • Vale a pena continuar?
  • Isso traz um benefício adicional - digamos, um RP fabuloso - que justifica seu valor?

Na maioria das vezes, se a campanha não está atingindo as metas de CPA para gerar clientes lucrativos, ela deve ser ajustada.

4. Taxas de conversão

Você sabe que porcentagem de seus leads se transforma em clientes pagantes reais? Ao calcular sua taxa de conversão CPL/CPA, você obtém um benchmark quantificável para ser desenvolvido e desenvolvido.

O mesmo se aplica à taxa de conversão de visitantes para leads. As taxas de conversão são vitais, pois, sem elas, você nunca saberá se alguma coisa que está fazendo para melhorá-las está funcionando!

5. Retorno sobre o investimento (ROI)

Uma métrica principal, ROI, refere-se ao retorno que você recebe do seu investimento; assim, a receita e o lucro gerados pelo custo de sua campanha de marketing.

Obviamente, você quer um ROI positivo…se seu marketing custa mais do que o que você ganha, você precisa parar de gastar e repensar a estratégia!

Por outro lado, se uma determinada campanha oferecer um ROI mais alto do que outros canais, gastar mais nesses canais geralmente fará sentido (a menos que você alcance um patamar)

6. Valor da vida útil do cliente (CLV)

Estou sempre um pouco surpreso quando as empresas (maiores) que consultei não sabem o que os clientes valem para elas durante a vida do relacionamento.

A menos que você esteja vendendo um produto/serviço que um consumidor só precisa comprar uma vez, o cenário ideal é, com certeza, que eles voltem e comprem de você, de novo e de novo?

Os relacionamentos de negócios repetidos dependem de duas coisas: que seu cliente não apenas goste do que você está vendendo, mas também goste de como você comercializa com ele depois dessa importante primeira compra.

Retendo um cliente é geralmente muito mais fácil e mais barato do que encontrar um novo, portanto, o marketing de retenção é fundamental.

Se você quer que seu cliente permaneça fiel, faça tudo o que puder para fazê-lo parecer especial; você aumentará seu CLV, então todos ganham!

Aprofunde-se nas métricas do CLV e você também descobrirá de quais canais de marketing seus clientes lucrativos são provenientes. Em seguida, supondo que as outras métricas sejam adicionadas, aloque mais do seu orçamento a esses canais.

O resultado? Um número maior de clientes repetidos e lucrativos e um CLV cada vez mais alto.

Pense no CLV e no CPA. Você quer que haja uma boa margem entre o que um cliente vale para você (lucro) e o que custa você adquiri-lo.


O marketing pode ser um grande custo para um negócio, portanto, obter resultados reais para o seu dinheiro é fundamental.

Essas seis métricas principais são indispensáveis ​​para avaliar as campanhas. Ao manter-se a par das métricas de marketing, você pode orçamentar com sabedoria e garantir que está gastando apenas nos canais mais eficazes, com promoções, calls to action e criativos que funcionam.

Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário ou mande uma e-mail para o Nutricionando :)